GARRAFEIRA

Vinhos, licores, champanhes e destilados como whisky, cognac, brandy, aguardente, rum, gin e vodka: temos uma garrafeira variada e de excelência, composta pelas melhores referências em todo o mundo. Da Irlanda e do Japão chegam-nos vários tipos de whisky, como o Jameson Gold Reserve e o Nikka. De França vêm os vinhos da Michel Latour e os champanhes de luxo da Perrier Jouët, da Dom Pérignon, da Mumm, da Armand de Brignac e da Moët & Chandon. Na seção da vodka, a oferta é igualmente numerosa e inclui referências premium, como a Absolut Elyx, a Grey Goose e a Beluga. A nível nacional, destacam-se os vinhos do porto das casas Fonseca e Quinta do Noval e o gin Sharish, um destilado com um ADN 100% português, produzido no Alentejo.

Igualmente extensa é a nossa seleção de vinhos, que reúne vinhos naturais e biodinâmicos, de produtores nacionais e estrangeiros. Certos rosés, brancos, verdes e tintos estão também disponíveis a copo, para consumo nas lojas DeliDelux.

Nikka

O whisky por diversas vezes considerado o melhor do mundo nasceu pelas mãos do japonês Masaka Taketsuru, que em jovem viajou para a Escócia para descobrir os segredos da produção desta bebida espirituosa tradicionalmente ligada a este país europeu. Com a aspiração de produzir um whisky genuíno, Taketsuru passou anos a estudar esta bebida nas destilarias escocesas que produziam os mais famosos whiskies da época. Em 1920 regressou ao Japão mas o seu mundialmente famoso whisky só viria a ser criado em 1952, ano que coincide com a fundação da empresa The Nikka Distilling Co.

Gin Sharish

Utilizado durante a ocupação muçulmana, o termo árabe “sharish” significa xara ou jara, nome dado à flor de esteva que é muito comum no Alentejo. É precisamente nesta região que nasce o Sharish, um gin de caráter português cuja receita inclui produtos de origem nacional, como a maçã Bravo de Esmolfe, oriunda de Viseu, e citrinos alentejanos. Na alquimia de sabores desta bebida estão também a lúcia-lima, o zimbro, o cravinho, a canela, a baunilha e as sementes de coentro, que conferem um sabor suave e adocicado a este gin cítrico, pensado e produzido em Reguengos de Monsaraz e comercializado pela primeira vez em 2014.

Perrier Jouët

Com mais de dois séculos de história, incluindo lugar cativo nas mesas de Napoleão III, da Rainha Vitória e da Princesa Grace Kelly do Mónaco, a marca Perrier-Jouët é tão fascinante quanto os seus champanhes. O Perrier-Jouët Belle Epoque é talvez o mais conhecido: por conta das suas notas florais mantém, desde 1902, a mesma garrafa, com uma icónica ilustração florida da autoria do artista Emile Gallé.

voltar
Fechar